quarta-feira, 22 de maio de 2013

UMA NOVA ASSOCIAÇÃO



Todo ano é a mesma coisa: As entidades que representam as Praças da Policia Militar e Bombeiro Militar do MS, batalhando junto ao governo melhorias para seus sócios. A ACSPMBMMS - Associação de Cabos e Soldados e Bombeiros Militares do Mato Grosso do Sul e a ABSSMS – Associação Beneficente dos Subtenentes e Sargentos Policiais e Bombeiros Militares de Mato Grosso do Sul, são as instituições que representam ou deveriam representar os seus associados.

 Importante salientar que a ACS, sob a Presidência do Edmar Soares da Silva, representa as categorias que integram a base associativa da referida associação, porém vários Sargentos fazem parte do quadro de associados. As negociações salariais com o governo ainda estão em fase de discussão com a categoria de Soldados e Cabos, infelizmente a ABSSMS, sob presidência do Subtenente Thiago Mônaco Marques, não teve o mesmo “jogo de cintura” nas negociações, deixando no ponto de vista de muitos Sargentos, de defender os interesses coletivos dos associados. 

Os Sargentos ficaram sozinhos nessa briga em virtude de interesses pessoais, pois a entidade deixou de lado o direito coletivo de uma melhor remuneração. Em meio a tantas discussões surgiu a ideia de fundação da APPBMMS – Associação de Praças da Policia e Bombeiro Militar do Mato Grosso do Sul, que contemplaria os Soldados, Cabos, Sargentos e Subtenentes, unidos na mesma causa: Defender os interesses das Praças, com melhores salários, fardamento, armamento, viatura, condições de trabalho, bem como dar continuidade nas ações vigentes.
                                                                          

10 comentários:

  1. APESAR DE ACHAR A CADA DIA QUE SERÁ MELHOR DEIXAR A PM, TALVES ESSA SEJA UMA FORMA DE AUMENTAR NOSSA UNIAO E TORNAR-MOS MAIS FORTES PERANTES ESSE BANDO.

    ResponderExcluir
  2. Defendo essa idéia faz tempo, acho que desse jeito a nossa representatividade será forte.

    ResponderExcluir
  3. concordo com vc, só acho que deveríamos criar uma associação composta apenas por PMs, se os bombeiros gostarem da idéia,que criem a deles.

    ResponderExcluir
  4. Demorou, tava na hora de mudar. Na ACS o presidente é Cel Davi, e na ABS o Cel colocou dois representantes dele lá dentro para manipular o besta do Monaco (Damião e Ramos). Precisamos de algo sem contato com o comandante.

    ResponderExcluir
  5. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  6. EU APOIO A IDÉIA DE CRIAÇÃO DE UMA ÚNICA ASSOCIAÇÃO PARA A CLASSE DE PRAÇAS DA PMMS (APPMMS - ASSOCIAÇÃO DE PRAÇAS DA POLICIA MILITAR DO ESTADO DE MATO GROSSO DO SUL).
    EU APOIO UM PLEBISCITO ONDE TODOS OS MILITARES PRAÇAS POSSAM VOTAR E DAR OPINIÕES TANTO OS DO INTERIOR COMO OS DA CAPITAL.
    PRECISAMOS NOS UNIR E BRIGAR POR MELHORIAS E NÃO POR MIGALHAS.

    ResponderExcluir
  7. De Jose Carlos

    PROTESTO E SUGESTÃO A ACS E ABSS PM/BM-MS. QUERO AQUI CONVIDAR O PRESIDENTE DA ABSS, O SR SUB TEN MÔNACO A REFLETIR SOBRE AS NEGOCIAÇÕES SALARIAIS COM O GOVERNO DO ESTADO
    SR PRESIDENTE É DE CONHECIMENTO DE TODOS OS RUMOS QUE AS NEGOCIAÇÕES TOMARAM E OS SEUS RESULTADOS GERAIS, FATO É QUE A CLASSE VALOROSA DE SOLDADOS E CABOS FORAM AGRACIADAS COM R$ 100,00( CEM REAIS) A TÍTULO DE ETAPA DE ALIMENTAÇÃO E ESTA GRATIFICAÇÃO OU ADIANTAMENTO JÁ FICOU CONHECIDA COMO VALE PAÇOQUINHA, EM COMPARAÇÃO E ALUSÃO AO AUMENTO CONCEDIDO AO PROCURADORES DO ESTADO E MINISTÉRIO PÚBLICO, QUE FOI DE MIL REAIS (R$ 1,000,00) SINGELAMENTE ROTULADO DE VALE CAVIAR. É INEVITÁVEL, PÚBLICO E NOTÓRIO QUE AS COMPARAÇÕES SE REALIZEM E SEJAM FEITOS JUÍZOS DE VALOR,POIS, A DIFERENÇA DE VALOR É TÃO DISCREPANTE QUE CHEGA A SER ENGRAÇADO SE NÃO FOR CÔMICO, COM TODO O RESPEITO. O MEU PONTO DE VISTA SR PRESIDENTE É DE QUE OS SARGENTOS FICARAM EXCLUÍDOS DESTA NEGOCIAÇÃO, NÃO VISLUMBRADAS NESSA FAMIGERADA NEGOCIAÇÃO QUAISQUER VANTAGENS PARA A CLASSE, POIS, NEM AO VALE PAÇOQUINHA TIVEMOS DIREITO.
    O FATO É QUE DO 3º AO 1º SARGENTO NÃO RESTOU NADA DE VANTAJOSO A NÍVEL DE AUMENTO OU DE PROGRESSÃO FUNCIONAL NA CARREIRA MILITAR, POIS, AS PROMOÇÕES É QUE NOS INTERESSA. ESTAMOS OUVINDO FALAR EM CURSO DE CABOS, CURSO DE SARGENTOS, CHOA , O CAO JÁ ESTÁ EM ANDAMENTO, E NADA DE SE FALAR EM ( CAS P/ OS 2º SARGENTOS) OU SEJA OS SARGENTOS REALMENTE FORAM ESQUECIDOS SR PRESIDENTE. EU DIGO AO SR QUE A BASE DA POLÍCIA MILITAR E A MAIORIA SÃO OS PRAÇAS( ELEMENTOS DE EXECUÇÃO) QUE VAI DO SOLDADO MAIS MODERNO AO SUB TEN MAIS ANTIGO E SOMOS UMA COISA SÓ, COM A DEVIDA GRADUAÇÃO ENTRE OS POSTOS. SEM ESSES ELEMENTOS DE EXECUÇÃO, O CUMPRIMENTO DAS MISSÕES SERIA IMPOSSÍVEL E NÃO EXISTIRIA COMANDO. AS PRAÇAS DEVEM SER RECONHECIDAS, PRESTIGIADAS E VALORIZADAS EM TODA A SUA EXTENSÃO E ATRIBUÍDAS A TODAS O SEU DEVIDO DESTAQUE E MERECIMENTO. POR ISSO SR PRESIDENTE DEVEMOS NOS LEMBRAR SEMPRE QUE UM DIA JÁ FOMOS SOLDADOS E CABOS COM MUITO ORGULHO E HONRA, E PARA QUEM NÃO O FOI, QUE PENA, POIS, NO SEIO DA BASE ESTÁ O VERDADEIRO SENTIDO DE COMANDO, ESPÍRITO DE CORPO E DE CAMARADAGEM DESTA CLASSE TÃO IMPORTANTE E TÃO MENOSPREZADA POR AQUELES QUE NÃO LHES DÃO O DEVIDO VALOR QUE MERECEM.

    EM RAZÃO DISSO TUDO VENHO A PÚBLICO E PERANTE A ESSAS ASSOCIAÇÕES DE ENTIDADES DA CLASSE ( PRAÇAS DA POLÍCIA MILITAR DE MS ) MOSTRAR O MEU PROTESTO E INDIGNAÇÃO E SUGERIR AINDA A TODOS OS INTEGRANTES DA CORPORAÇÃO, SÓCIOS OU NÃO SÓCIOS FILIADOS, DIRETORES, CONSELHOS DELIBERATIVO, VICE-PRESIDENTES E PRESIDENTES QUE SEJAM DISSOLVIDAS AS DUAS ASSOCIAÇÕES DAS CLASSES QUE REPRESENTAM OS POLICIAIS E OS BOMBEIROS MILITARES, POIS, AS VEZES COMBATEM ENTRE SI VISLUMBRADOS POR PODER, E STATUS, E INTERESSES INDIVIDUAIS, ALHEIOS AOS INTERESSES DE TODA UMA CLASSE INTEIRA A QUEM REALMENTE DEVERIA SE FAZER REPRESENTAR. E QUE APÓS TAL DISSOLUÇÃO, SEJAM REUNIDOS TODOS OS PRAÇAS EM ASSEMBLEIA GERAL ORDINÁRIA PARA QUE SEJA CRIADA UMA ASSOCIAÇÃO ÚNICA, FORTE,UNIDA E SOBERANA, RENASCIDA DAS CINZAS QUE REALMENTE REPRESENTE A TODOS E QUE VENHA COM PROPÓSITOS DEMOCRÁTICOS DE DIREITOS E DEVERES E SENTIDO POLÍTICO ANTENADO, VISANDO E BUSCANDO REPRESENTAÇÃO NA CÂMARA DE VEREADORES E ASSEMBLÉIA LEGISLATIVA

    ResponderExcluir
  8. Caros amigos PRAÇAS DA PMMS.
    Agora, pós-manifestação, devemos analisar todos os pontos que nos levaram a esse enfretamento por melhoria salarial, dignidade humana, mínimas condições de trabalho e valorização do POLICIAL MILITAR (Praças). Ficou tão evidente que a nossa classe não tem poder, porque estamos divididos e segundo aquele velho ditado “Dividir para conquistar”... Foi bem empregado nos dias atuais... Lembro-me de ter participado do aquartelamento quando ainda era um SOLDADO ainda na época da TORA (Tropa Ostensiva de Repressão Armada) de todas as pressões recebidas, tanto externa como interna, na caserna e hoje não foi diferente, porém, estou em outra posição, agora como 1º SGT, mas continuo sendo PRAÇA da PMMS, então me pergunto, o porquê dessa divisão em duas associações, pois, uma sozinha não tem força e a outra advoga por interesses poucos, que ficou muito evidente nos contextos atuais, aproveito para perguntar aos colegas ST e Sgts se houve alguma reunião para saber a opinião dos sócios feita pela Associação, se estavam de acordo com a assinatura sobre a aceitação da proposta salarial feita pelo governo, ou como eu, que só fui saber quando vi a assinatura na mídia? Considerando ainda que era de interesse de toda categoria de sócios e não sócios.
    Quero deixar bem claro que não sou associado nem de uma nem de outra, porque tempos atrás me indignei com a politicagem dentro delas, mas, vejo que o homem é um ser político e necessita estar por dentro da política e principalmente no que concerne à caserna.
    Passei a me perguntar senão é hora das PRAÇAS terem somente um representante legal, que brigue por toda a nossa classe, por melhorias e não por migalhas.
    A ideia de criar uma associação única a APPMMS (Associação de Praças da Policia Militar do Estado de Mato Grosso do Sul) é louvável e devemos fazer um plebiscito urgente, pois só assim passaremos a ser uma classe unida.
    Eu apoio um REFERENDO (Plebiscito);
    Eu apoio a criação de uma associação única de PRAÇAS;
    Eu apoio a nossa união.
    E VOCÊ????????????????????






    ResponderExcluir
  9. Caros amigos PRAÇAS DA PMMS.
    Agora, pós-manifestação, devemos analisar todos os pontos que nos levaram a esse enfretamento por melhoria salarial, dignidade humana, mínimas condições de trabalho e valorização do POLICIAL MILITAR (Praças). Ficou tão evidente que a nossa classe não tem poder, porque estamos divididos e segundo aquele velho ditado “Dividir para conquistar”... Foi bem empregado nos dias atuais... Lembro-me de ter participado do aquartelamento quando ainda era um SOLDADO ainda na época da TORA (Tropa Ostensiva de Repressão Armada) de todas as pressões recebidas, tanto externa como interna, na caserna e hoje não foi diferente, porém, estou em outra posição, agora como 1º SGT, mas continuo sendo PRAÇA da PMMS, então me pergunto, o porquê dessa divisão em duas associações, pois, uma sozinha não tem força e a outra advoga por interesses de poucos, que ficou muito evidente nos contextos atuais, aproveito para perguntar aos colegas ST e Sgts se houve alguma reunião para saber a opinião dos sócios feita pela Associação, se estavam de acordo com a assinatura sobre a aceitação da proposta salarial feita pelo governo, ou como eu, que só fui saber quando vi a assinatura na mídia? Considerando ainda que era de interesse de toda categoria de sócios e não sócios.
    Quero deixar bem claro que não sou associado nem de uma nem de outra, porque tempos atrás me indignei com a politicagem dentro delas, mas, vejo que o homem é um ser político e necessita estar por dentro da política e principalmente no que concerne à caserna.
    Passei a me perguntar senão é hora das PRAÇAS terem somente um representante legal, que brigue por toda a nossa classe, por melhorias e não por migalhas.
    A ideia de criar uma associação única a APPMMS (Associação de Praças da Policia Militar do Estado de Mato Grosso do Sul) é louvável e devemos fazer um plebiscito urgente, pois só assim passaremos a ser uma classe unida.
    Eu apoio um REFERENDO (Plebiscito);
    Eu apoio a criação de uma associação única de PRAÇAS;
    Eu apoio a nossa união.
    E VOCÊ????????????????????






    ResponderExcluir
  10. Dilma vai deixar o poder em alguns dias ou no máximo em uma ou duas semanas.

    Coréia do Norte vai derrotar EUA e Coréia do Sul.

    Na antiga capital do Vietnã do Sul, Saigon vai ter inicio uma revolta anticomunista que vai se espalhar por tido antigo Vietnã do Sul que vai ser derrotado pelos comunistas.

    Depois da Copa das Confederações o Brasil vai ser invadido. Logo depois do inicio da invasão o invasor vai invadir os meios de comunicações do Brasil para mentir; transmitir que sargentos, soldados e cabos estão matando os oficiais tanto das Forças Armadas como das PM(s). Vai colocar no ar até as imagens de jornalistas famosos e de oficiais pedindo socorro. As imagens e sons serão criadas em estúdio de cinema. Tudo mentira que não vai dar certo

    A mentira não vai pegar, em poucas cidades de fato vai acontecer. Ao mesmo tempo os comunistas vão tomar o poder em Brasília e iniciar as prisões de políticos, empresários e seus auxiliares e logo em seguida o fuzilamento em ordem dos mais famosos e corruptos para os menos famosos.

    Em outras cidades os comunistas vão reunir as pessoas pobres para invadirem os locais onde os militares , aqueles militares que não quebraram a hierarquia, oficiais, soldados, cabos e sargentos . Os comunistas vão reunir a população para invadir os locais em que os militares estiverem, como o objetivo de usar a população como escudo. ATRAS da multidão os ,milicianos de esquerda estarão armados para matarem os militares, se os militares não atirarem serão mortos pelos milicianos que também são vão deixar de matar os populares que estiverem próximos aos militares. Os comunistas querem matar todos os militares dos soldados aos generais e seus familiares.

    Se os comunistas vencessem iriam matar os sargentos para criar uma organização saída de seus grupos e quadros, uma organização de confiança deles.

    Uma reviravolta internacional e outra nacional vão recolocar os militares novamente no poder. Os militares vão fuzilar os sargentos que quebraram a hierarquia, os comunistas e seus colaboradores. Uma imagem que não esqueço é de um sargento que agarrado a uma mulher com uma criança no colo, chega um oficial com quatro soldados e ele manda quebrar os ombros dele e fala que se é homem para matar companheiros e oficiais tem que ser homem para morrer, e poucas horas depois foi levado para encontrar o pelotão de fuzilamento e foi fuzilado. Poucos serão julgados por traição, a grande maioria vai ser fuzilada.





    ResponderExcluir